Atlântico vence Joinville e é finalista da Supercopa do Brasil de Futsal

A equipe do Atlântico Futsal entrou em quadra na noite desta sexta-feira (02) na cidade de Sorocaba/SP para enfrentar o JEC/Krona Joinville/SC na partida de abertura da 3ª edição da Supercopa do Brasil de Futsal. O confronto valendo como semifinal do torneio terminou empatado no tempo normal em 2 a 2. Na prorrogação vitória do Galo por 3 a 1.
Giba, técnico do Galo, entrou com Careca, Wilsinho, Lucas Selbach, Cabreúva e Jé. Já Vander Iacovino, do JEC, começou com Willian, Leco, Thiaguinho, Eka e Leandro Caires.
As duas equipes fizeram um grande primeiro tempo, com chances para os dois lados. Mas se sobressaíram as defesas e o jogo permaneceu zerado até o intervalo.
Na segunda etapa um verdadeiro espetáculo de futsal, com todos os ingredientes de um confronto que colocou frente a frente duas das principais equipes do salonismo nacional. Com o confronto aberto começaram a aparecer as faltas. Numa delas, aos 7min da segunda etapa, o atleta Bruno, do JEC, foi expulso. O Galo aproveitou a vantagem e abriu o placar com Cleber, aos 8min45: Atlântico 1, JEC 0.
O Joinville buscou pressionar fazendo o verde-rubro estourar o limite de faltas. Aos 15min falta de Careca em Leco, dentro da área, e pênalti para o JEC. Careca levou o segundo cartão amarelo e fui excluído da partida. Na cobrança da penalidade, Eka bate para grande defesa de Ângelo. Por ter estourado o limite de faltas o Galo continuou com um atleta a menos em quadra. Com a superioridade numérica em quadra o JEC aproveitou para empatar a partida, logo em seguida, com Eka. 1 a 1.
Na saída de bola os catarinenses roubaram a bola e sofreram a falta. Resultado: tiro livre direto convertido por Bruninho. 15min35 da segunda etapa e virada do JEC.
Foi a vez do Galo arriscar e entrar com goleiro-linha. Num dos ataques Wilsinho bate forte para grande defesa de Willian. Na sobra Jé cabeceia para as redes igualando o marcador. Final de jogo no tempo normal: 2 a 2.
Com o empate o confronto foi para a prorrogação em dois tempos de cinco minutos, com as duas equipes estouradas nos limites de faltas. Faltando 34 segundos para o final da primeira etapa, Selbach lança para Keké que escora para a batida certeira de Selbach que venceu o goleiro do JEC. Atlântico 1 a zero na prorrogação. Faltando 12 segundos para o final do primeiro tempo falta de Silva em Grillo. Tiro livre para os catarinenses. Bruninho bate e faz empatando o confronto novamente: 1 a 1 na prorrogação. No tempo complementar muito respeito, mas com alto nível de jogo.
Faltando 1min45 para o final da prorrogação ataque do Galo. Wilsinho bate e grande defesa do Galo. No rebote Jé bate forte para colocar o verde-rubro em vantagem: 2 a 1 Atlântico. O JEC entrou com Thiaguinho como goleiro-linha. Em uma roubada de bola Cabreúva vence na corrida e bate para fazer o terceiro gol da prorrogação para o Galo: 3 a 1 e vitória do Atlântico.
Agora o Galo espera o vencedor da segunda partida entre Magnus e Horizonte para ver quem enfrenta na grande final de domingo, às 11h da manhã.
O campeão da Supercopa 2018 tem vaga garantida na Libertadores da América.
Todos os jogos são transmitidos ao vivo do canal SporTV para todo o país.
A edição 2018 da Supercopa do Brasil de Futsal é organizada pela CBFS e pela Liga Nacional de Futsal (LNF) e reúne os campeões da temporada 2017. Participam da competição o JEC Krona Joinville/SC (campeão da LNF); o Atlântico/RS (vice-campeão da Taça Brasil já que o atual campeão, o JEC, garantiu vaga com o título da LNF); o Horizonte/CE (campeão da Copa do Brasil); e o Magnus Sorocaba/SP, sediante.

,

Comentários estão fechados.