Prefeitura assina contrato para paradas de ônibus urbano

Ocorreu na manhã dessa sexta feira (1), junto ao Terminal Rodoviário de Ônibus Urbano, com a presença do Prefeito Luiz Francisco Schmidt, Secretários Municipais, Presidente da Câmara de Vereadores Alderi Oldra, vereadores, presidentes de entidades, diretores da empresa vencedora da licitação e imprensa, o ato de assinatura do contrato com a empresa Competence, que venceu o edital para construção, reforma e recolocação das paradas de ônibus.

O valor orçado pelo Município foi de 480 mil reais, e a empresa vencedora apresentou a proposta de 393 mil reais. Os recursos sairão da segunda parcela de 1 milhão (do total de 5 milhões) da outorga pela empresa de Transportes Gaurama, concessionária do serviço de transporte público de nossa cidade.

De acordo com o Secretário Municipal de Obras, Habitação, Segurança e Proteção Social Vinicius Anziliero, serão reformadas 170 paradas de ônibus, recolocadas outras 20 e construídas 15 novas. A empresa tem o prazo de um ano para execução das obras.

Em sua manifestação o Prefeito Schmidt destacou que “essa obra é continuação de outras tantas” e citou que cada prefeito anterior à sua gestão iniciou uma etapa. Disse que a cidade cresce nas suas necessidades e a infraestrutura com novas paradas de ônibus também é uma questão de segurança. Frisou a importância do Projeto Sentinela que trabalha com as câmeras de vídeomonitoramento e que a Prefeitura recentemente fez o aporte de 800 mil reais para o Cosepro para a ampliação da estrutura instalada no Projeto Sentinela com atendimento às escolas municipais, estaduais, praças e Viaduto Rubem Berta, visando a ampliação do sistema. Ainda, lembrou que foi uma empresa de Erechim a vencedora do certame licitatório “e isso é importante. Como também é importante o trabalho da Câmara de Vereadores e o Processo de Outorga que mantém com a empresa concessionária do transporte urbano que faz o repasse dos valores, o que permitirá que o próximo Prefeito terá garantido 1 milhão de reais em cada ano, que vem dessa outorga.”

 

Comentários estão fechados.