Vereadores Sandra Picoli e Ale Dal Zotto cumprem agenda em Porto Alegre

Além de fiscalizar e cobrar ações por parte do Poder Executivo do município, é importante que os vereadores dialoguem com as demais esferas do poder público. A fim de tratar de questões relacionadas diretamente ao interesse da população erechinense, os parlamentares Sandra Picoli (PCdoB) e Ale Dal Zotto (PSB) cumprem, desde a última terça-feira (30), agenda em Porto Alegre. Na ocasião, os edis tiveram reuniões na Secretaria de Obras do Estado, na Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), no Departamento de Patrimônio do Estado e na Assembleia Legislativa, entre outros locais.

Com diversas pautas, Sandra e Dal Zotto consideram fundamental buscar algumas informações diretamente na fonte, se fazer presente a fim de pressionar para que as demandas fluam mais rapidamente. Nestes dias de reuniões na capital gaúcha, os vereadores trataram de questões relacionadas à Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), ao atraso no repasse da Nota Fiscal Gaúcha a escolas municipais e à necessidade de aditivo no contrato de obras de algumas escolas estaduais de Erechim que atualmente passam por reformas que encontram-se paradas.

Sandra e Dal Zotto reuniram-se, ainda, com o diretor-presidente da Corsan, Jorge Luiz Costa Melo, com a finalidade de saber mais a respeito do contrato do município com a empresa, bem como da aguardada obra da estação de tratamento de água. Já na Assembleia Legislativa, ambos mantiveram agenda com os deputados Juliano Roso (PCdoB) e Catarina Paladini (PSB) – é de autoria de Roso o projeto que tramita visando tornar patrimônio cultural do estado a música “Erechim, história e canto”, do grupo Os Monarcas. Os vereadores aproveitaram a viagem para visitar a Casa de Apoio mantida pelo município em Porto Alegre.

Nesta quinta-feira (1), os parlamentares erechinenses têm os últimos compromissos na capital, com visitas ao Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer) e à Secretaria da Fazenda.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais