Primeiras damas mantém encontro para tratar sobre o Outubro Rosa

Nesta segunda-feira, 01, na sede da Associação de Municípios do Alto Uruguai (AMAU), ocorreu um encontro do colegiado das primeiras damas, para traçar as ações e iniciativas do mês de outubro, alusivo ao Outubro Rosa, mês dedicado à prevenção ao Câncer de Mama.

O colegiado convidou o município, através do secretário de Saúde, Jackson Arpini, para participar do encontro, tendo em vista que em anos anteriores já ocorreu essa parceria com a Pasta, em outras áreas de promoção e prevenção em saúde. Acompanharam a reunião, como integrantes do Colegiado, a Primeira Dama de Erechim, Rosmari Schmidt e a esposa do Vice Prefeiro, Ana Lando.

Durante a reunião foram apresentadas as ações que foram realizadas e que estão planejadas sobre os temas da prevenção ao câncer de mama, colo de útero e feminicídio, nos municípios da área de abrangência da AMAU.

Em Erechim já ocorreu uma palestra no auditório da URI Campus de Erechim, com abordagens sobre câncer de mama, prevenção a sífilis e feminicídio, e contou com a participação expressiva de mulheres.

Também foram encaminhadas as últimas tratativas para o encontro regional que acontecerá dia 19 de outubro, na Praça da Bandeira, em Erechim, alusivo ao mês rosa. O encontro que abordará a temática “Todos por elas! Juntos contra o câncer e o feminicídio”, terá inúmeras atividades, como rodas de conversa (palestras), ações de saúde, orientações de educativas preventivas, entre outras.

O encontro reunirá mulheres dos 32 municípios integrantes da AMAU, e conta com vários parceiros que estão apoiando a causa da prevenção. O encontro será no período da tarde e prevê reunir em torno de 400 mulheres que participarão ativamente das diversas atividades de promoção e prevenção em saúde, com rodas de conversa abordando diversos temas relacionados ao mês rosa.

“Não podemos deixar de trabalhar essa temática quando dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer) apontam que surgirão 59.700 novos casos de Câncer de Mama, em 2018, e é o câncer que mais acomete as mulheres com exceção do Câncer de Pele não Melanoma. Todos os esforços são válidos para chamar a atenção para a importância da prevenção, exames de diagnose, autoexame e diagnóstico precoce, para reduzir os indicadores e a mortalidade”, Pontua Arpini.

Comentários estão fechados.