Dos 34 municípios, 15 apresentam entre um e três casos ativos

Na manhã desta terça-feira, 1º de setembro, o Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus, reuniu-se para traçar novas ações coletivas de orientação, recomendação e prevenção, face à pandemia do COVID–19.

BOLETIM INFORMATIVO 22 – 1º/09/2020

AÇÕES RECOMENDADAS:

1.    Explana sobre o “Plano Estruturado de Prevenção e Enfrentamento da Covid-19″, de acordo com o Decreto nº 55.435/2020, que possibilita a gestão compartilhada entre o Estado e os Municípios;

2.    Explana sobre a deliberação do Sistema de Distanciamento Controlado do RS, que na sexta feira apontou Bandeira LARANJA, médio risco, para a Região 16. Ressalta que das 17 avaliações a Região 16 foi classificada em apenas uma oportunidade bandeira vermelha – risco alto; 

3.    Coloca que o Comitê elaborou, face a gestão compartilhada, um sistema denominado “Plataforma Regional de Monitoramento”, que compreende o mapa regional, gráficos, tabelas, planilhas, tabela síntese, entre tantos outros documentos que estão sendo catalogados;

4.      Com relação ao último Boletim Informativo, divulgado no dia 31/08, manifesta que os números permanecem estáveis, com pequenas oscilações. Taxa de recuperação em patamar expressivo (91,77%), casos ativos na ordem de 249. Observa que houve um decréscimo nas internações em UTI, passando de 47,83% para 37,13%;

5.    Informa que foi realizada uma reunião com os Prefeitos (27/08) e com os secretários de Saúde (28/08), para apresentação de detalhamento do “Plano Estruturado de Prevenção e Enfrentamento da Covid-19″, no âmbito da Região 16, bem como os encaminhamentos necessários para a tramitação do Plano junto ao Gabinete de Crise/Covid/RS;

6.    Informa que está em fase de produção mais um lote de álcool etílico 70%, que será distribuído para todas as secretarias de saúde da Região 16;

7.    Informa que o comitê regional vai repassar 20 cobertores para a Comunidade Indígena de Charrua, para a ala de contaminados que será implantada na Reserva. Os cobertores foram adquiridos com Recursos do Fundo de Reserva de Enfrentamento da Covid/AMAU;

8.    Informa que do total dos 34 municípios, 15 municípios (44%) apresentam entre 01 e 03 casos ativos, o que é positivo, pois possuem poucos e com possibilidades de estabilização;

9.    Manifestam preocupação com relação ao número de óbitos dessa semana, que deverão subir para as estatísticas do Sistema de Distanciamento Controlado. Na semana que passou foi contabilizado 01 óbito, e nessa semana vamos entrar com 03;

10. Hospital de Caridade relata que houve uma diminuição na demanda de casos de Doenças Respiratórias e também na realização de testes;

11.   Mantém a orientação para que a população adote com o máximo rigor as ações de prevenção como: higienização correta das mãos com água e sabão, utilização de álcool gel, não compartilhar talheres, copos e toalhas, ao tossir ou espirrar cobrir o nariz com lenço ou espirar no braço, evitar levar as mãos não higienizadas na boca, nariz e olhos, utilização de máscaras de proteção individual, entre outras, conforme orientações do Ministério da Saúde e das autoridades de saúde;

12. Informa, com relação a falta de insumos (anestésicos e medicamentos) necessários para a assistência dos pacientes internados em UTI, que a FHSTE conseguiu regularizar a situação, e que o Hospital de Caridade não vem encontrando entraves para o abastecimento;

13.   Enfatiza que as vinhetas da “Cruzada Regional de Sensibilização e Conscientização”, estão sendo veiculadas em todas as rádios da região. Ressalta que seria importante os municípios busquem parcerias manter a proposta latente, com o intuito de massificar as informações de prevenção, tão relevantes nesse momento;

14. A 11ª CRS informa que os exames RT-PCR, quando devidamente preenchidos no que diz respeito a urgência, recebem o retorno do Laboratório LACEN em 24 horas, no sentido de agilizar as medidas preconizadas de  assistência;

15. O 13º BPM relata que vem realizando uma força tarefa de fiscalização em conjunto com a Vigilância em Saúde e Secretaria de Desenvolvimento de Erechim, em vários locais e que na última semana evidenciou uma diminuição no número de denúncias, mas reitera que vem agindo na prevenção e coibindo aglomeração de pessoas; 

16.   Nos municípios em que ainda persiste a aglomeração de pessoas orientamos para que as lideranças busquem coibir essa prática mediante o diálogo permanente e, se for o caso, através da parceria com os serviços de segurança;

17.   Mantém a orientação da utilização da máscara de proteção individual e de evitar a aglomeração de pessoas, prevalecendo a medida preconizada do “Distanciamento Social” (1,5 a 2,0 metros entre as pessoas);

18.   Reitera a posição da “Restrição Social”, para idosos e portadores de doenças pré-estabelecidas, que se enquadram no grupo de risco e que segundo as estatísticas poderão ter um agravamento do quadro clínico;

19.   Chama a atenção para que as lideranças da saúde e outros utilizem ao máximo os veículos de comunicação, para levar as informações pertinentes, bem como para realizar o chamamento da importância da adesão da sociedade na aplicação das medidas preconizadas de prevenção, para evitar a disseminação da Covid-19 e também para não haver troca da cor da bandeira;  

Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus ressalta que muitas medidas se fazem necessárias no sentido de minimizar a contaminação e tem adotado as ações seguindo diretrizes técnicas do Ministério da Saúde.

O momento exige medidas enérgicas, em virtude dos acontecimentos vivenciados em outros países e nos grandes centros, que aos poucos vem se lastrando para outras localidades.

Precisamos, num esforço conjunto e com o aval da população, achatar a curva epidemiológica da contaminação, para que possamos ofertar uma assistência adequada à população.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais