Rua João Massignan lidera o topo da lista dos lugares mais barulhentos

Entre controvérsias e favorecimentos sobre a “diversão” em Erechim, o Jornal Boa Vista continua recebendo as mais diferentes denúncias de perturbação do sossego. Após a veiculação da matéria sobre os ‘exageros’ que ocorrem na Rua Argentina nesta coluna, um turbilhão de novas informações me foram apresentadas. Dentre elas, foi possível constatar que a Rua João Massignan lidera o topo da lista dos lugares mais barulhentos da cidade aos finais de semana. A via abriga duas boates e conforme relatos, o som dos estabelecimentos não atrapalha o sono, mas sim, o que acontece em torno dos espaços.

Frequentes rachas

Os ‘famosos’ e frequentes rachas estão entre as principais perturbações. “As disputas acontecem até o dia raiar, ficamos esperando o estrondo, a pancada, o barulho é estremecedor”, disse um morador. Tudo inicia por volta das 23h, quando o pessoal começa chegar até as proximidades das boates e se estabelecer. “Eles chegam abrem as cadeiras, o porta-malas do carro para ouvir som e então a rua vira um caos. Brigas, garrafadas, discussões de casais, gritos, enfim, acontece de tudo um pouco”, relatou.

Excessos antes e pós festa

Além da Rua João Massignan, uma terceira boate foi inaugurada há pouco tempo na Rua Bortolo Balvedi. Os estabelecimentos conforme os moradores não tiram o sono de ninguém, segue as normas de isolamento acústico. Contudo os excessos antes e pós festa já fizeram muitas pessoas deixarem suas moradias, outras já elaboraram ofício e encaminharam para a prefeitura, acionaram a Brigada Militar diversas vezes, registraram boletins de ocorrência e recorreram ao Ministério Público.

Por Carla Emanuele 

Comentários estão fechados.