Equipes do município seguem trabalhos pós temporal

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Tão logo iniciou a tempestade que atingiu Erechim e região na tarde de ontem (30), o prefeito Luiz Francisco Schmidt entrou em contato com secretários municipais para que agilizassem suas equipes numa grande operação pelos bairros da cidade e interior. “Imediatamente todos se mobilizaram para fazer levantamento dos estragos e possíveis vítimas. Se espalhou uma verdadeira força de trabalho para atender o grande número de ocorrências”, conta o Prefeito. Ele diz que esta terça-feira testou a eficiência dos órgãos de segurança do Município e também a união de diferentes segmentos da sociedade civil: “O que se viu foi um resultado ágil e positivo no combate aos estragos causados pela intempérie”.

A Guarda Municipal de Trânsito, a Força Voluntária do Alto Uruguai e a Defesa Civil de Erechim tiveram esforços somados a equipes do Corpo de Bombeiros, Polícias Rodoviária Estadual e Federal, Brigada Militar, Jeep Club, Creral, Guinchos Lindóia e Avante da EGR. O trabalho foi intenso para reparar os danos da tempestade que causou transtorno a milhares de cidadãos, residências e vias públicas.

Na coordenação da Defesa Civil de Erechim, Josué Rosa Pinto ressalta a importância da colaboração de tantos voluntários e profissionais que saem a campo para solucionar os problemas que se multiplicam pela cidade em um episódio como o de ontem. Desde o início da tempestade e ainda no dia de hoje (1) seguem os trabalhos que incluem remoção de árvores e cobertura de casas, dentre outros.

Ele informa que até o momento foram distribuídos aproximadamente 4.000 metros de lona e atendidas mais de 680 chamadas. A maior recorrência é de destelhamentos, além de quedas de árvores e postes. O Bairro Florestinha foi o mais atingido com 25 famílias precisando de suporte da Defesa Civil e da Força Voluntária. Josué ainda observa que “estamos atentos o tempo todo e seguimos monitorando o clima que aponta mais ventos fortes para o dia de hoje. O cidadão que necessitar pode chamar a Defesa Civil no número 199”.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais