Defesa Civil e Força Voluntária recebem centenas de ligações e destelhamento é a maior demanda

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Na manhã desta quarta-feira (1), o assunto não poderia ser diferente perante o rescaldo que está sendo realizado em Erechim, após o temporal. Em entrevista na Rádio Cultura, o coordenador da Defesa Civil, Josué Rosa Pinto, relatou que receberam 263 ligações durante e após a intensa chuva. Ainda, quatro mil metros de lona foram entregues pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

O trabalho para atender todas as demandas, especialmente numa das regiões mais atingidas, RS 135 e Transbrasiliana, se estendeu até as 21h. Ainda, alertou para possibilidade de temporal para essa quarta e quinta-feira. “Estamos em alerta. As pessoas precisam acelerar os trabalhos, se chover intensamente as lonas não irão aguentar, é preciso cobrir as residências. O temporal causou destelhamento nos mais diferentes bairros da cidade, deixando muitos estragos”, enalteceu Pinto.

Já o presidente da Força Voluntária do Alto Uruguai, Adir Antônio de Lima, informou que os trabalhos foram retomados logo nas primeiras horas desta manhã. “Ontem realizamos o atendimento das urgências com 15 voluntários, juntamente coma Defesa Civil. Hoje, seguimos com o rescaldo, retirada de árvores, casas destelhadas e tantas outras demandas”, explicou.

Por Carla Emanuele 

 

Get real time updates directly on you device, subscribe now.