Concurso de poemas do Barão celebra os 90 anos da escola

 

Aos 6 meses de idade, Arthur sorri como quem sabe que é inspiração para versos. O poema “Meu irmão”, escrito por João Pedro Toso Bassanezi, do 4º ano do Ensino Fundamental do Instituto Anglicano Barão do Rio Branco (IABRB), conquistou a plateia e também os jurados. Junto com o certificado de participação, o mimo e a foto de Arthur, que carinhosamente ilustrou a declamação, João Pedro também levou para casa o troféu de 2º lugar, na categoria 4º e 5º anos. Neste ano, o tradicional Concurso de Poemas do Barão do Rio Branco teve os 90 anos da escola, que serão completados no dia 1º de agosto, como inspiração.

Sob o slogan “Barão, 90 anos: transformando vidas, marcando histórias”, o Concurso de Poemas do Ensino Médio e Fundamental II foi realizado na noite de quarta-feira (26). Já as declamações e apresentações do Ensino Fundamental I ocorreram na noite de ontem (27). Na quarta-feira, o resgate da história da escola ganhou ritmo: os principais acontecimentos de cada década foram transformados em passos de dança pelos estudantes, a exemplo do Rock And Roll e da Bossa Nova, com origem na década de 50. “O espetáculo foi lindo, muito bem organizado e com muita dedicação de todos os envolvidos. Eu e minha família amamos! Conforme o tempo vai passando, temos mais certeza de que fizemos a escolha certa. A Fernanda está realizada, muito feliz por ter participado do evento e encantada com o clima familiar, feliz e diferente que viveu”, enfatizou Carla Biasi Nogueira, mãe da estudante do 8º ano.

Pautadas por temas livres, as declamações dos alunos do 2º ao 5º ano, nesta quinta-feira (27), demonstraram a sensibilidade e criatividade dos pequenos artistas. Enquanto os jurados reuniram-se para a definição dos vencedores, os estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental e do Programa Bilíngue protagonizaram homenagens ao Barão, declamando versos de sua autoria, em Português e Inglês. Em forma de vídeo, pessoas que marcaram a história da escola também ilustraram a importância que o IABRB teve e tem em suas vidas.

“Este concurso é um show de talentos, oportuniza aos estudantes desenvolverem habilidades de escrita, fala, criatividade, desenvoltura e

desinibição”, destacou Clarice Ferrazzo, que participa do Concurso como jurada há mais de 10 anos e também já foi organizadora.

Neste ano, o Concurso de Poemas chegou a sua 23ª edição no Ensino Médio e 15ª no Ensino Fundamental. Ao longo das duas noites do evento, outros talentos foram apreciados pela plateia, com as apresentações de estudantes que participam das oficinas de ballet, coral, jazz, do grupo “Vovós sim, velhas jamais”, da Faculdade da Experiência e também dos ex-alunos Alan Knecht, Gustavo Prior Chiochetta e Mariana Silveira Paul. Em suas falas, direção, coordenadores e o reverendo Silvio de Freitas enfatizaram a importância do Concurso e a felicidade de celebrar 90 anos de história, construídos em conjunto com estudantes, familiares, colaboradores e comunidade.

Confira os vencedores desta edição:

Ensino Fundamental I:

· 2º ANO E 3º ANOS:

· 1º LUGAR: A ESCOLA – MARINA LUIZA BREITKREITZ

· 2º LUGAR: O GATO – BRUNO MONTEIRO ROSA

· DECLAMAÇÃO: UM DIA DE DIVERSÃO NO PARQUE! – ISADORA CAROLINA ZARDO

· 4º ANO E 5º ANOS:

· 1º LUGAR: VITOR URBAINSKI DE OLIVEIRA

· 2º LUGAR: MEU IRMÃO – JOÃO PEDRO TOSO BASSANEZI

· DECLAMAÇÃO: EMILIE VERONA GIARETON

Ensino Fundamental II:

• VOTAÇÃO POPULAR:

o POEMA: DEFINA FEIO

o AUTOR: SARAH PEGORINI KNECHT – 6º ANO

• MELHOR DECLAMADOR:

o LAURA GASPARIN

o POEMA: DEFINA FEIO

• TERCEIRO LUGAR

o POEMA: BARÃO: A UNIÃO ESTÁ NO SANGUE

o AUTOR: VALENTINA SCHILLO – 7º ANO

• SEGUNDO LUGAR

o POEMA: UM POEMA

o AUTOR: EMILY SALVI – 6º ANO

• PRIMEIRO LUGAR

o POEMA: VIAJANDO COM OS LIVROS

o AUTOR: EDUARDA DEBROIM SMANIOTTO – 7º ANO

ENSINO MÉDIO

• VOTAÇÃO POPULAR

o POEMA: ETERNAMENTE JOVEM

o AUTOR: GABRIEL BERTOLINI – 2º ANO

• MELHOR DECLAMADOR

o LUIZA MIGUEL SALVI

o POEMA: NUNCA MAIS

• TERCEIRO LUGAR

o POEMA: ENCLAUSURADO

o AUTOR: EDITH CORADI BISOGNIN

• SEGUNDO LUGAR

o POEMA: O TEMPO

o AUTOR: IARA REIS

• PRIMEIRO LUGAR

o POEMA: ESPERANÇA NÃO É SÓ ESPERAR

o AUTOR: MUNIQUE EDUARDA SMILEWSKI ROOS

Comentários estão fechados.