Está na hora de levantar nossa maior arma, o título de eleitor

Se queremos ser ouvidos pelas autoridades e lideranças políticas estaduais, candidatos a governador, senado, está chegando a hora de levantar nossa maior arma, o título de eleitor, e ir à luta contra à exclusão das regiões do Alto Uruguai e Nordeste. São duas regiões irmãs, que por falta de interesses dos governos estaduais, estão sendo impedidas de se unir e crescer.

Segundo dados do IBGE, referentes a 2016, as cidades da região Nordeste possuem: Sananduva: 16.100 habitantes; São José do Ouro: 6.906; Barracão: 5.263; Cacique Double: 4.824, Santo Expedito: 2.520; São João da Urtiga: 4.726; Paim Filho: 4.293; Maximiliano de Almeida: 4.911; Machadinho: 4.902. Hoje estes números devem ser maiores, mas imaginem o que representaria para a economia se tivéssemos a oportunidade de ter parte dessas pessoas circulando pela nossa região?

Se realmente Erechim quiser se tornar num grande polo comercial em educação e saúde, temos que ter ligação asfáltica com a região Nordeste. Na época em que a população desta região vinha para Erechim, nosso comércio era muito forte, superior ao de Chapecó. E para que isso volte a acontecer, a Rádio Cultura e o Jornal Boa Vista estão propondo um grande debate com os candidatos a governador do estado e com os candidatos a deputado estadual e federal pelas duas regiões, além das lideranças destas áreas. Está mais do que na hora de os eleitores das duas regiões levantarem a única arma que pode conseguir esta ligação asfáltica, o nosso voto!

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais