Está na hora de levantar nossa maior arma, o título de eleitor

Se queremos ser ouvidos pelas autoridades e lideranças políticas estaduais, candidatos a governador, senado, está chegando a hora de levantar nossa maior arma, o título de eleitor, e ir à luta contra à exclusão das regiões do Alto Uruguai e Nordeste. São duas regiões irmãs, que por falta de interesses dos governos estaduais, estão sendo impedidas de se unir e crescer.

Segundo dados do IBGE, referentes a 2016, as cidades da região Nordeste possuem: Sananduva: 16.100 habitantes; São José do Ouro: 6.906; Barracão: 5.263; Cacique Double: 4.824, Santo Expedito: 2.520; São João da Urtiga: 4.726; Paim Filho: 4.293; Maximiliano de Almeida: 4.911; Machadinho: 4.902. Hoje estes números devem ser maiores, mas imaginem o que representaria para a economia se tivéssemos a oportunidade de ter parte dessas pessoas circulando pela nossa região?

Se realmente Erechim quiser se tornar num grande polo comercial em educação e saúde, temos que ter ligação asfáltica com a região Nordeste. Na época em que a população desta região vinha para Erechim, nosso comércio era muito forte, superior ao de Chapecó. E para que isso volte a acontecer, a Rádio Cultura e o Jornal Boa Vista estão propondo um grande debate com os candidatos a governador do estado e com os candidatos a deputado estadual e federal pelas duas regiões, além das lideranças destas áreas. Está mais do que na hora de os eleitores das duas regiões levantarem a única arma que pode conseguir esta ligação asfáltica, o nosso voto!

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.