Atlântico segue na briga pelas primeiras posições da LNF

Após dois jogos fora de casa pela Liga Nacional de Futsal (LNF) e um aproveitamento de 50%, o Atlântico terá três compromissos em sequência dentro do Caldeirão do Galo, para reassumir a ponta na tabela de classificação. O primeiro ocorreu ontem, contra o Copagril – em razão do horário de fechamento da edição impressa do Jornal Boa Vista o resultado não pôde ser abordado na coluna, mas está na edição online do jornal.

Na próxima terça-feira, 05 de junho, às 20h15min, o verde-rubro recebe o Minas, pela 11º semana da LNF e na sequência, após um intervalo de aproximadamente 53 dias sem jogar pelo certame nacional, o Atlântico pega o Cascavel, no dia 28 de julho.

A campanha do Galo, que já é boa dentro de seus domínios poderá se tornar ainda melhor em caso de três vitórias nestes jogos. Em um futuro mata-mata da Liga, decidir no Caldeirão do Galo o jogo da classificação será fundamental. A maioria das grandes conquistas do verde-rubro foi dentro de casa, com o apoio maciço de sua apaixonada e delirante torcida.

O Caldeirão do Galo é um dos locais mais temidos pelos adversários para se jogar, não foram poucos os jogadores que ao vestir a camisa do Atlântico revelaram este sentimento. Em razão disso, vencer em casa e buscar pontos fora é imprescindível para as fases decisivas da LNF.

Mudança de foco

Após o compromisso com o Minas pela Liga Nacional de Futsal, o Atlântico foca todas as suas atenções na disputa da Liga Gaúcha. Na próxima quinta-feira, 07 de junho, às 20h, o Galo encara o Bento Futsal, na cidade de Bento Gonçalves. Além da disputa do estadual, o mês de junho será marcado pela Taça Brasil, que acontece entre os dias 17 e 23, no Caldeirão do Galo, em Erechim.

A ausência de Jé

Não foram poucos os torcedores que ficaram apreensivos com a postagem do jogar Jé em seu Instagram, anunciando que estava rumando para os Emirados Árabes. Recebi vários contatos de colegas jornalistas de fora, que buscavam saber os motivos da saída do pivô verde-rubro. As dúvidas e especulações foram sanadas após a direção anunciar que o jogador viajou para disputar um torneio fora do país, que estava acordado desde o momento da assinatura do contrato com o Galo. Nos bastidores, o que se diz é que os valores envolvendo a participação de Jé no torneio são significativos.

Atento ao mercado

Apesar da qualidade do grupo de jogadores do Atlântico, a direção segue atenta ao mercado na busca por mais reforços. As lesões do ala Kleber e do pivô Capa, obrigaram a direção a ficar atenta ao mercado. No mercado interno, a buscar por reforços está um tanto quando complicada, por isso, a direção acompanha a situação de alguns jogadores que estão atuando fora do Brasil. A prioridade seria buscar mais um ala.

Por Fabio Lazzarotto 

Comentários estão fechados.