Moda solidária: Cursos da área de moda e vestuário de Erechim promovem campanha para confecção de batas hospitalares

Como a área de moda e vestuário pode contribuir para a sociedade em tempos de emergência em saúde? Buscando uma resposta, professores e técnicos do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) ligados aos cursos Superior de Tecnologia em Design de Moda, Técnico em Modelagem do Vestuário e Técnico em Produção de Moda foram atrás de pesquisas de normas e de fornecedores para tentar contribuir na demanda por equipamentos de proteção individual (EPIs) têxteis. Apenas no município de Erechim, a Fundação Hospitalar Santa Terezinha necessita mensalmente de 2 mil batas hospitalares, usadas por profissionais de saúde.

Foi criada então a ação “Costure em Casa”, que começa a ser concretizada pelo Campus Erechim do IFRS com o apoio do Centro Tecnológico APL Polovest, do Sindicato das Indústrias do Vestuário do Alto Uruguai e de voluntários. Serão confeccionadas batas hospitalares de forma gratuita para a Fundação Hospitalar.

Um grupo de servidores do Campus vem realizando pesquisas e desenvolvendo a parte técnica (molde, protótipo e ficha técnica das vestimentas). No domingo, dia 29 de março, a equipe lançou uma campanha nas redes sociais para cadastrar voluntários que tenham máquinas de costura em casa e disponibilidade para costurar as batas. Em pouco mais de 24 horas já havia 50 inscritos, pessoas da comunidade com vontade ajudar, entre elas estudantes e egressos dos cursos do IFRS.

Cada voluntário receberá em sua casa uma peça piloto, a ficha técnica e os componentes cortados para a confecção de dez batas. Depois de prontas, as peças serão recolhidas para serem entregues no hospital. Os servidores do IFRS elaboraram uma cartilha com instruções para a confecção e estão responsáveis pela logística da entrega dos insumos.

Nesta terça-feira, 31 de março de 2020, as primeiras 138 batas foram cortadas, no Centro Tecnológico APL- Polo Vest de Erechim. Duas funcionárias da indústria de confecções Ousadia trabalham na costura das peças pilotos.

A professora Raquel de Campos, coordenadora da iniciativa, explica que o maior problema para a produção dos EPIs têxteis está em encontrar o TNT (tecido não tecido) correto para a confecção dos têxteis hospitalares. Esses materiais possuem certas normas e propriedades para a proteção dos profissionais de saúde. Ela observa que não se trata do mesmo TNT utilizado em artesanatos, pois o tecido para as vestimentas deve ter determinação da filtração bacteriológica, deve ser hidrofóbico, bem como ter gramatura específica para inibir a proliferação de bactérias e criar barreiras contra o vírus.

A própria Fundação Hospitalar Santa Terezinha forneceu o tecido para o primeiro corte e aguarda a chegada dos próximos rolos de material. Devido à elevada procura  em todo o país, muitos hospitais estão com dificuldades em encontrar esse produto.

Sendo assim, a campanha solidária entra em uma nova fase de busca, agora por matéria-prima. Se você acha que pode contribuir, faça contato pelo telefone (54) 99621-7742.

____________________________________________________________________________________________________________

Sobre o IFRS

 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) oferece cursos gratuitos em 16 municípios do Rio Grande do Sul. São cursos de nível médio (técnicos que podem ser cursados de forma integrada, concomitante e subsequente ao Ensino Médio), superiores (de graduação e pós-graduação) e de extensão. O IFRS é uma instituição federal de ensino público e gratuito.

As unidades do Instituto são: Campus Alvorada, Campus Bento Gonçalves, Campus Canoas, Campus Caxias do Sul, Campus Erechim, Campus Farroupilha, Campus Feliz, Campus Ibirubá, Campus Osório, Campus Porto Alegre, Campus Restinga (Porto Alegre), Campus Rio Grande, Campus Rolante, Campus Sertão, Campus Vacaria, Campus Veranópolis e Campus Viamão. A Reitoria está localizada no município de Bento Gonçalves.

No total, são cerca de 22 mil alunos e 200 opções de cursos. Mais informações no sitewww.ifrs.edu.br.

 Saiba também: Além do IFRS, no Rio Grande do Sul há outros dois Institutos Federais (IFs): oInstituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), com Reitoria em Pelotas; e o Instituto Federal Farroupilha (IFFar), com Reitoria em Santa Maria. Em todo o país, são 38 IFs levando ensino público e gratuito a mais de 600 municípios (para conhecer a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, acesse o site do Conif).

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais