Três regiões em prol do desenvolvimento e a tão sonhada ligação asfáltica

 

 

Após reuniões ao longo da semana, a Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim (ACCIE) promoveu, na tarde desta sexta-feira, 01 de março, às 15h, mais um encontro com autoridades, lideranças políticas, representantes de entidades empresariais e de classe, para essencialmente falar sobre a ligação asfáltica com os municípios que integram a Associação dos Municípios do Nordeste Rio Grandense (Amunor).

Desta vez, atendendo a uma solicitação do Senador Luis Carlos Heinze, foram entregues ao quatro demandas. Prioritariamente na área de logística e de infraestrutura, entre elas a ERS 483 que liga a nossa região à região da Amzop, ligação asfáltica com os municípios que integram a Amunor através da ERS 126 e a BR 153, importante via para o escoamento da nossa safra agrícola. Outra demanda é a construção de um novo presídio em Erechim, que atende a diversos municípios.

O Jornal Boa Vista acompanhou este importante momento para o desenvolvimento das regiões. Confira alguns depoimentos:

Prefeito de Sananduva e Presidente da Associação dos Municípios do Nordeste Rio Grandense (Amunor), Leomar José Foscarini

“Esse é um momento muito propício para reivindicarmos algo há mais, com passos firmes e fortes e não isolados. Foi feito pouquíssimo ao longo dos anos, por falta de força política e pouca barganha dos empresários. Acho que Erechim perde muito com a não ligação da RS de Charrua a Sananduva. O fluxo todo está direcionado a Passo Fundo, seja universitário, comercial, médico, pelo simples fato de faltar alguns quilômetros de pavimentação. Estamos tão perto e ao mesmo tempo tão longe, vamos puxar esse carretel e nos aproximar”.

  Diretor presidente da Olfar, José Carlos Weschenfelder

“Essa ligação é importantíssima para que a economia trabalhe como um todo. Temos o recebimento de grãos nessa região, em várias unidades e, sentimos a dificuldade do transporte do produto até nossa unidade central. Infelizmente, a maior parte dos grãos dessa região exportamos por problemas de interligação”.

Prefeito de Marcelino Ramos e presidente da AMAU, Juliano Zuanazzi

“Nossa região luta pelos municípios que ainda não tem ligação asfáltica. Tendo um Senador que quer interligar três regiões, Amunor, Alto Uruguai e Amsop, fica mais fácil. Unir a fronteira norte do RS com Santa Catarina, que passa toda a produção para o restante do Brasil é motivo de alegria. É importante também lembrar que na nossa região Alto Uruguai temos 11 municípios que ainda não tem asfalto”.

Na sequências, mais depoimentos sobre essa importante reunião…

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais