Araújo e Barbosa sugerem repasse de R$ 5 milhões do Executivo para sanar demandas acumuladas da Fundação Hospitalar e Pasta da Saúde

243

Os vereadores Claudemir de Araújo e Nadir Barbosa estiveram na manhã desta sexta, 27, junto a Fundação Hospitalar Santa Terezinha, oportunidade em que se reuniram com o Diretor Hélio Bianchi, e falaram sobre o pedido de providência, já protocolado junto a Casa, no qual solicitam ao prefeito municipal o repasse de R$ 5 milhões, sendo R$ 3 milhões para a Fundação Hospitalar a fim de suprir demandas acumuladas nas cirurgias eletivas de média e alta complexidade, e R$ 2 milhões para consultas e exames pelo Sistema Único de Saúde do município.

Parlamentares colocaram ao Diretor que a solicitação tem como base a real necessidade do Sistema Municipal de Saúde, que devido ao grande acúmulo de cirurgias eletivas de média e alta complexidade, consultas e exames, sem previsão orçamentária, tem sido o maior problema da Fundação Hospitalar, pois sem recursos a instituição não consegue atender a demanda acumulada.

Ressaltaram que diariamente são procurados em seus gabinetes, como em suas casas e nas ruas por pessoas desesperadas que estão há meses, algumas há alguns anos, aguardando na fila de espera para serem atendidas. “A dor e a longa fila de espera estão fazendo com que essas pessoas entrem em desespero. A grande demanda está na oftalmologia, na ortopedia e nas cirurgias eletivas de média e alta complexidade. A destinação desse recurso deverá ser para atendimento exclusivo de pacientes residentes em Erechim”, pontuam.

Em sua manifestação, Bianchi agradeceu aos vereadores pela iniciativa que, se concretizada pelo prefeito municipal, em muito irá auxiliar a Fundação, mas principalmente aqueles que estão na fila de espera.

Bianchi também detalhou os trabalhos que estão sendo realizados junto a Fundação, sejam eles no que se referem a melhorias da atual estrutura, a exemplo do serviço de oncologia, como dos procedimentos realizados para que a instituições possa caminhar da forma mais harmônica possível.

Foto: Araújo, Bianchi e Barbosa

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.