Criança que teria sido levada por suspeito de feminicídio foi localizada e passa bem

3.308

A polícia localizou a menina de seis anos que supostamente teria sido levada pelo suspeito de assassinar a ex-mulher e a ex-sogra em Erechim. A criança foi encontrada na casa de uma tia paterna e entregue ainda na segunda-feira, 25 de setembro, a familiares da mãe, vítima do criminoso.

O pai da criança é o principal suspeito do duplo feminicídio que vitimou Geneci e Fabiula Tluszc, mãe e filha, na noite de domingo, 24 de setembro, na Rua Alberto Marchesin, bairro Castelo Branco.

O crime ocorreu por volta das 18h50min, quando o atirador chegou até a casa das vítimas, ordenou que as mesmas entrassem na residência e então atirou em suas cabeças. Na sequência o assassino fugiu, supostamente levando a criança, que teria testemunhado as execuções.

Geneci chegou a ser socorrida pela ambulância do Grupo de Atendimento de Emergência do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu ao ferimento e acabou falecendo no hospital.

A investigação está à cargo da Delegacia da Mulher de Erechim e é coordenada pela delegada Raquel Kolberg. O suspeito, que não teve o nome divulgado, já possui passagens por homicídio e outros crimes e cumpria pena no regime domiciliar, estando proibido de deixar sua residência. A polícia trabalha com a hipótese de que ele tenha fugido de carro para outro Estado logo após cometer o crime.

 

Por Alan Dias / JBV Online

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.