Semana acadêmica da FAE debate criatividade e inovação

115

Com a proposta de debater criatividade e inovação para o século XXI, a Faculdade Anglicana de Erechim (FAE) viveu na noite desta segunda-feira (23) a abertura da Semana Acadêmica de 2017. Os estudantes das oficinas de musicalização e coral do Instituto Anglicano Barão do Rio Branco (IABRB), acompanhados pelos professores Álefe Junior Sutil da Trindade e Ana Paula Molossi, apresentaram canções para acolher o público.

A abertura oficial do evento contou com a presença do coordenador da 15ª Coordenadoria Regional de Educação, Alencart Loch, além da direção da FAE, coordenadores dos cursos, professores, acadêmicos, colaboradores, empresários e comunidade em geral. Em seu discurso, o diretor-geral da FAE, Claudecir Bleil, destacou a importância da inovação para todas as instituições do país “esperamos que todos possam aprender muito e não esqueçam de multiplicar esses conhecimentos na comunidade. As empresas necessitam de pessoas que enfrentem dificuldades e novos desafios, com comprometimento, por isso este é um momento tão importante para discutirmos temas como criatividade e inovação”.

O reverendo da Igreja Anglicana, Rodrigo Espiúca dos Anjos Siqueira, complementou que a educação e a fé são os principais elementos da transformação, “tanto a igreja quanto a academia exercem a importante função de transformar o mundo e uma depende da outra: a fé é o que nos motiva, é o nosso combustível. Ao mesmo tempo, sem razão a fé fica árida”. Por ter sido colaborador da FAE por 12 anos, Alencart falou da emoção de participar da abertura da Semana Acadêmica da FAE, “parabenizo a todos por estarem aqui buscando novos conhecimentos e, ao ver um espaço como este cheio de jovens, tenho a certeza de que nosso futuro está garantido”.

Doutor em Engenharia de Produção pela UFRGS, o diretor de Graduação e assessor de inovação no UnilaSalle Canoas, Daniel Quintana Sperb, foi o primeiro palestrante desta edição, que contará com mais dez palestras específicas, que abordarão temas voltados a todos os cursos de graduação da FAE: Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciências Contábeis, Design, Eletrônica Industrial e Pedagogia.

Através de histórias reais, Daniel falou de sua paixão pelo desenho e da importância desta arte no desenvolvimento da sensibilidade e criatividade. Para defender o argumento, o palestrante baseou-se tanto em autores como Piaget, Paulo Freire, Edgar Morin e De Masi, quanto em fatos históricos. “Precisamos transformar as pessoas em usinas de ideias. Apesar de ter muita criatividade, a população brasileira tem dificuldade em inovar porque tem medo de errar. Mas afinal, o que significa inovação? Inovação é a combinação de tarefas e relacionamentos na construção de padrões comportamentais criativos”, pontuou Daniel, que possui extensa experiência em educação criativa.

Nesta terça e quarta-feira, as atividades da Semana Acadêmica da FAE seguem no Polo de Cultura de Erechim. Já na quinta-feira (25), o encerramento acontece nas dependências da FAE, com a realização da Mostra Científica, momento em que os estudantes apresentarão pesquisas ao público. A programação completa da Semana Acadêmica pode ser consultada no site: http://www.legiaodacruz.com.br/pesquisa-em-extensao/semana-academica/

 

 

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.