Projeto Jovem Cooperativo promove excursão para a cidade catarinense Seara

46

Um grupo de jovens participantes do Projeto Jovem Cooperativo, de Erval Grande, e entidades parceiras realizaram excursão educativa para conhecimento de experiências de produção orgânica em unidades de produção familiar e visitação ao museu entomológico na cidade catarinense de Seara. A visita, realizada na segunda-feira (18/12), integra a Rota Turística Rural Saberes e Sabores no Vale das Borboletas. O grupo foi acompanhado do presidente e funcionários da Cooperativa dos Pequenos produtores de Erval Grande (Cooperval), de representantes do poder público, instituições financeiras parceiras, familiares e extensionistas da Emater/RS-Ascar.

Pela parte da manhã os visitantes conheceram a experiência de produção orgânica da família Vani e Deitos que está instalada na Linha São Paulo, interior de Seara, desde 1946 e em 1987 adotou a produção orgânica como prioridade. Certificados pelo Sistema Participativo de Garantia (SPG) através da Rede Ecovida de Agroecologia, nos 12,5 hectares de área produtiva e preservada, a família cultiva essencialmente alimentos orgânicos, em equilíbrio com o meio ambiente. O adubo é produzido na propriedade através de compostagem enriquecida com pó de rocha, todas as nascentes são protegidas e uma cisterna capta a água de chuva. Após, o grupo conheceu a experiência de três jovens que largaram o emprego na cidade para produzir morangos orgânicos e certificados no meio rural e agroindustrializar as frutas produzida, criando em 2014 a Di Vitta Alimentos. Segundo os idealizadores, foi a vontade de fazer diferente e de fazer história que fez surgir uma empresa comprometida com o futuro, voltada a oferecer produtos de qualidade e que proporcionem bem-estar às pessoas.

Ao meio dia, todos participaram de um almoço no restaurante rural Eco Sítio Lindo, na propriedade do produtor Lindomar Cosmann. No local, a família desenvolve a produção integrada com ovelhas e fruticultura (nogueira pecã), produção vitivinícola colonial, agroindústria familiar para a produção de doces de frutas e geleias orgânicas, além de frutas in natura. No mesmo sítio também são desenvolvidas apresentações teatrais que rementem ao contexto histórico da agricultura familiar.

A comitiva também visitou tecnologias sociais em bioconstruções na família Zuchi, que reside em uma casa bioconstruída, edificada com materiais alternativos disponíveis na propriedade (terra, pedra, madeira, bambu…) e conheceu o funcionamento de um biodigestor de dejetos humanos (biodigestor sertanejo) e de animais que produz gás para abastecimento da residência, além de aproveitamento da luz solar para aquecimento da água. A viagem encerrou com visita ao Museu Fritz Plaumann, que também integra a Rota Turística Rural Saberes e Sabores no Vale das Borboletas. O museu foi idealizado e realizado pelo entomólogo Fritz Plaumann, o maior museu de insetos da América Latina localizado no distrito de Nova Teotônia, local que se tornou um pedacinho de Alemanha no interior de Seara. O acervo conta com 80 mil insetos de 17 mil diferentes espécies.

Para o extensionista da Emater/RS-Ascar de Erval Grande Juliano Galina, “a excursão foi valiosa no sentido de buscar novas experiências para aplicar no município. E possibilitou aos jovens visualizarem as possibilidades e oportunidades da agricultura para permanecerem no campo”.

Na avaliação do presidente da Cooperval Neri Valssoler, a viagem foi espetacular, um investimento para a cooperativa e entidades parceiras, quanto para os jovens participantes do projeto para que pudessem observar e ver na prática as experiências exitosas na agricultura familiar, demonstrando que é possível, mesmo em terras com relevo acidentado viver com qualidade de vida. O jovem Lucas Fantichele participante do projeto jovem cooperativo complementa afirmando que “a viagem foi de incrível proveito e uma ótima oportunidade de adquirir conhecimento e conhecer experiências mais ecológicas e saudáveis”.

As visitações contaram com o acompanhamento técnico e logístico da Cooperativa de Crédito Rural Seara (Crediseara) que presta variados serviços à comunidade local onde, com as demais entidades, constroem e realizam ações alternativas para o desenvolvimento sustentável do campo e da cidade de Seara.

O Projeto Jovem Cooperativo é executado pela Cooperval e Emater/RS-Ascar e conta com a parceria de Cresol, Sicredi, Crehnor, Banrisul, Paróquia Nossa Senhora da Glória e as prefeituras de Erval Grande, Faxinalzinho, Benjamin Constant do Sul, São Valentim e de Itatiba do Sul. O projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento rural sustentável das famílias e da cooperativa, qualificando o jovem rural neste processo. O lançamento do projeto aconteceu no dia 02 de julho de 2016 e está no seu 11º encontro de qualificação.

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com