Floriano Peixoto realiza Tarde de Campo em Manejo de Florestas

46
Abertura com o prefeito

A propriedade do produtor Algemiro Alvares Machado e do filho Ademir, localizada na comunidade Boa Esperança, em Floriano Peixoto, sediou uma Tarde de Campo em Florestas, na segunda-feira (20/11). Da área total da propriedade, com 17 hectares, cinco são destinados ao cultivo de eucaliptos. O evento foi promovido pela Prefeitura, através da Secretaria da Agricultura, e a Emater/RS-Ascar. A atividade integra a programação alusiva ao 21º aniversário do município. Participaram da atividade produtores do município de Floriano Peixoto e convidados de Getúlio Vargas e de Charrua.

As orientações técnicas foram repassadas pelo assistente técnico regional em Sistemas de Produção Vegetal da Emater/RS-Ascar, engenheiro agrônomo Luiz Ângelo Poletto. Ele destacou as vantagens econômicas, sociais e ambientais que podem ser obtidas com o florestamento e reflorestamento. No entanto, chamou atenção para os rendimentos resultantes de uma floresta “com práticas corretas de manejo”, dentre elas o desrame e o desbaste. As florestas dão retorno financeiro desde que bem planejadas e manejadas, reafirmou. Também aconselhou o cultivo de florestas consorciadas com a criação de gado.
Poletto também alertou para a possível falta de matéria-prima para as empresas na região do Alto Uruguai, “caso não sejam implantadas novas áreas florestais”, disse. Segundo ele, há tendência de melhora dos preços para comercialização, principalmente na venda de toras para serrarias, bem como de cavaco e pellets, e que o florestamento ou reflorestamento deve ser visto como “uma poupança para o futuro”. Também observou a importância dos produtores optarem por cultivares que se adaptem ao microclima da região e resistentes a geadas.

Floriano Peixoto tem 4.200 hectares de mata nativa, 630 hectares com exóticas e 60 hectares com erva-mate. Na região do Alto Uruguai, a área total com cultivo de eucaliptos é 17.831 hectares e pinus, com 3.841 hectares.

Abertura – – Participaram do evento o prefeito Orlei Giaretta, o vice-prefeito Odacir Malacarne, o secretario municipal da Agricultura, Luis Cesar Fracaro, e a equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Floriano Peixoto, integrada pelos extensionistas Ediane Scoloski, Osmar Vitalli e Julio Bernardi. O prefeito agradeceu a parceria com a Emater/RS-Ascar. Também destacou que o Executivo vem incentivando o florestamento como alternativa de renda às culturas de grãos e que será retomado o projeto municipal nesta área para proporcionar inclusive mão de obra aos produtores. A lenha, de acordo com o vice-prefeito, é a terceira fonte de renda do município, ficando atrás dos grãos e leite.

 

Fotos: Terezinha Vilk/Emater/RS-Ascar

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.