Livrarias de fora de Erechim serão maioria

327

A Feira do Livro de Erechim contará com poucos livreiros locais nesta edição – 25% do total, apenas. Conforme os organizadores, 12 livrarias de outras paragens resolveram apostar na Feira, contra apenas 4 oriundas da Capital da Amizade.
Detalhe: Neste ano, a secretária de Educação, Vanir Bombardelli, optou por cobrar pelo espaço dos livreiros (R$ 1.200,00 pelo estande de 20m²).
Fazer da cultura um ‘negócio’ é um ponto de vista; que, no entanto, destoa do discurso e de outras ações da gestão municipal.

 

Por Salus Loch

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.