Votos de Congratulações aos 98 anos da Diocese de Erechim

Poder Legislativo enviará Votos de Congratulações a Diocese de Erechim pelos seus 98 anos de história

32

Poder Legislativo enviará Votos de Congratulações a Diocese de Erechim pelos seus 98 anos de história. Proposição é do vereador Lucas Farina e teve aprovação unânime no Plenário da Casa.

Em 1910 a estrada de ferro chegou a Paiol Grande. Foi a partir desta época que se desencadeou a chegadas dos descendentes de europeus. O município de Erechim foi criado pelo decreto 2.342 de 30 abril de 1918 do Presidente do Estado do Rio Grande do Sul, Antônio Augusto Borges de Medeiros.

A primeira capela católica era um capitel em honra a Santo Antônio, construída por iniciativa da benemérita pioneira Elisa Vacchi. Uma construção singela de madeira de em torno de vinte quatro metros quadrados, localizada no início da atual Rua Torres Gonçalves.

Em 19 de agosto de 1919, o Bispo de Santa Maria, Dom Miguel de Lima Valverde, criou a Paróquia de “Boa Vista do Paiol Grande”, dando lhe São José de padroeiro , o qual seria elevado a Padroeiro do município de Erechim.

Por meados de 1927, foi iniciada a construção da Igreja Matriz São José, concluída em 1935. Após um período, cerca de 1969, uma nova construção ocuparia o espaço da matriz, uma obra que seria concluída em 1977, e perdura até os dias atuais.

“Passaram muitos Párocos e Vigários pela Paróquia São José, entre eles o atual Bispo Emérito de nossa Diocese Dom Gerônimo Zanandréa. Com muito esforço, dedicação e Fé, todos deixaram um pouco do seu trabalho de evangelizar escritos na história e na construção desta paróquia”, ressalta.

Hoje o atual Pároco é o Padre Alvise Folador e o Vigário Geral Padre Maicon Malacarne. Com dezesseis capelas pertencentes, todas formadas através de seus conselhos e participação ativa das pastorais, forma se a Paróquia São José, ligada a Diocese de Erechim, assistida e guiada pelo Bispo Dom José Gislon.

Você pode gostar também

Deixe uma resposta