Seminário, com a presença de Manuela D´ávila, debate a Educação sem Machismo

73

Vereadora Sandra Picoli participou, na tarde desta quarta, 18, junto ao ginásio de esportes do Colégio José Bonifácio, do Seminário que debateu a Educação sem Machismo, promovido por jovens ligadas a movimentos estudantil e de classe, e que contou com a presença da Deputada Estadual, Manuela D´ávila. Na plateia, alunas e alunos do educandário e da Universidade Federal da Fronteira Sul.

Abrindo os trabalhos, Manuela destacou a importância de se construir uma educação que não perpetue a figura do homem acima das mulheres, de reconhecer uma educação sem machismo.

“Não estamos aqui discutindo a sexualidade, o que se quer discutir é porque a mulher recebe menos salário que os homens, ou porque são demitidas as após a gestação, como o porque as meninas com apenas sete anos de idade já acham superioridade por parte dos meninos. Esta é uma oportunidade de discutirmos as diferenças que a sociedade cria entre o homem e a mulher”, pontuou a deputada.

Manuela destacou que os Seminários são momentos para que se possa desconstruir o que a sociedade construiu na relação entre ambos os sexos dentro de pactos coletivos que congregam as obrigações e os afazeres do dia a dia impostos à sociedade como um todo. “Lamentavelmente o Brasil é um dos países com maior desigualdade do mundo, daí a necessidade desta desconstrução do que dizem sobre o que é de competência do homem e da mulher. Nós queremos nos meter nas famílias para desconstruir estas tradições impostas pela sociedade. O importante é que a escola seja um campo aberto para este tipo de debate que está ocorrendo”.

Na oportunidade também se manifestou a professora de pedagogia da Universidade Federal da Fronteira Sul que abordou o fato de que a cultura do machismo está permeando em todos os sentidos. “Temos que pensar nas agressões que ocorrem cotidianamente, pois existe uma cultura do machismo na atualidade. A linguagem é instrumento de poder, como tudo é construção social e que pode ser desconstruído. Não vamos tolerar ou aceitar, devemos começar a nos indignar”.

Também se manifestaram as estudantes da UFFS e do Magistério do José Bonifácio que relataram seus pontos de vista com relação machismo, como das diversas situações vividas junto as escolas quando se fala em meninas e meninos, pontuando que como solução há a necessidades de debates sobre os mais variados temas.

Em sua manifestação, a vereadora Sandra Picoli pontuou que na sociedade de hoje os homens e as mulheres devem andar lado a lado em todas as situações que a vida apresenta. “Sempre busquei meu espaço na política e é sim, possível, buscar o nosso espaço, pois se hoje estou como vereadora é porque no passado muitas mulheres perderam a vida para que tivéssemos a garantia de espaços na sociedade”.

 

Foto: Seminário contou com a presença de estudantes

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.