Hospital de Caridade de Erechim comemora o “Dia Mundial da Alimentação”

57

Celebrado em 16 de outubro, o “Dia Mundial da Alimentação” teve atividade especial no Hospital de Caridade de Erechim. A equipe de Nutrição, do Serviço de Nutrição e Dietética do HC – formada pelas nutricionistas Ananda Caramalak, Letícia Zyger e Dinaura Copercini –, programaram duas importantes ações: uma voltada aos pacientes, na área de segurança alimentar e armazenagem de alimentos, e outra direcionada para os funcionários, por meio da demonstração das quantidades de sódio, açúcar e gordura que estão contidos nos alimentos industrializados.

De acordo com a nutricionista Ananda Caramalak, a ideia foi mostrar a importância de uma alimentação saudável, de qualidade, caseira, com produtos naturais sem excesso de sódio, sal e gorduras. Para demostrar isso, foram apresentadas aos funcionários as embalagens dos produtos mais consumidos e a quantidade de cada um dos componentes em questão, medidos e colocados em frascos transparentes, de acordo com as especificações nutricionais, dimensionando a porção real contida nos alimentos.

No café da manhã, os pacientes internados receberam um flyer contendo “Dicas de como organizar sua geladeira”. Segundo a nutricionista Ananda, o ato de armazenar alimentos na geladeira é praticamente automático. “O que poucos sabem é que cada prateleira da geladeira tem uma destinação específica e uma diferença de temperatura, que pode auxiliar na conservação prolongada de ingredientes”, explica.

Conforme comenta, armazenar os itens adequadamente permite não somente uma melhor organização, como também melhora a visualização de todos os alimentos. Ananda reforça que manter a geladeira cheia e desorganizada oferece riscos, como uma intoxicação alimentar, e também pode gerar um desperdício de alimentos. “O ideal é deixar os alimentos organizados, para que eles não sejam esquecidos ou se deteriorem, garantindo a conservação de propriedades nutricionais por mais tempo”. Segundo ela, a conservação dos alimentos também é importante para garantir a saúde e a qualidade de vida.

 

DICAS DAS NUTRICIONISTAS

Freezer x congelador: freezers conservam melhor os alimentos, pois têm temperaturas mais baixas (-15ºC), ao contrário de congeladores, que chegam apenas a -5ºC. Sempre congele os alimentos já higienizados para evitar contaminação.

Prateleiras superiores: por estarem mais perto do congelador/freezer, essas prateleiras são mais geladas e devem armazenar alimentos mais sensíveis a variações de temperatura: carnes e laticínios.

Prateleiras intermediárias: coloque nessas prateleiras alimentos semipreparados, como ovos, sucos, saladas prontas, bolos, sobras de alimentos (em potes de vidro, preferencialmente).

Gaveta: é destinada a frutas e hortaliças in natura, pois são mais sensíveis às altas temperaturas da parte superior. As frutas podem também serem colocadas logo acima da gaveta.

Porta: coloque alimentos menos perecíveis, como bebidas, geleias, condimentos e conservas. Essa parte da geladeira tem mais variação de temperatura, portanto é um erro colocar os ovos nela.

 

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO

O Dia Mundial da Alimentação é comemorado na data em que foi criada a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO – Food and Agriculture Organization), em Québec, Canadá, no ano de 1945. Reconhecido em mais de 150 países, é considerado importante para informação e conscientização da opinião pública quanto às questões relacionadas à nutrição e à alimentação em todo o mundo, destacando a luta contra a fome, que atinge diversas populações. A data também estimula a reflexão acerca da segurança alimentar e, sobretudo, se ingerimos uma alimentação correta. Entende-se por segurança alimentar uma alimentação saudável, acessível, de qualidade, em quantidade suficiente e de modo permanente.

 

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.