Farmácias e padarias demais, borracharias de menos

189

No último domingo, encontrei um amigo, empresário da área de comunicação do estado de Santa Catarina. Quando estava passando por nossa cidade acabou tendo um dos pneus do carro furado e rodou por toda a cidade sem encontrar uma borracharia de plantão.

 

Levei-o até a BR 153, onde teoricamente haveria uma de plantão nos finais de semana e lá um cidadão que também precisava de atendimento me garantiu que o local só abriria mais tarde, e já era 9h30min. “Meu amigo Lazzarotto, esta tua cidade tem padarias e farmácias demais e borracharias de menos, não consigo entender porque não tem nenhuma atendimento 24 horas”, brincou o empresário. Como não tinha o que dizer para meu amigo, improvisei: Olha, os erechinenses comem muito pão e doces, assim, precisam de remédios, os carros, todos têm pneus novos e por isso não precisam de borracharias.

 

Em nossa cidade só conheço uma borracharia que atende no final de semana, mas naquele domingo e horário, infelizmente não havia ninguém.

 

Por Egidio Lazzarotto

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com