Projeto de Lei de Araújo denomina artéria do município de Rua Ana Maria Begotto

58

Vereadores aprovaram, na noite desta segunda, Projeto de Lei Legislativo, de autoria do vereador Claudemir de Araújo, no qual denomina artéria do município de Rua Ana Maria Begotto – Empregada Doméstica. A mesma está localizada entre parte dos mesmos lotes rurais, iniciando na confrontação sul do lote rural n.º 45 até a confrontação norte do lote rural n.º 49, direção sul-norte. A Artéria é continuação da Avenida Maurício Cardoso, localizada no Bairro Vale Dourado.

Ana Maria Begotto nasceu no dia 01 de Setembro de 1942, na cidade de Erechim, filha de Antonio Antunes de Souza e Angelina de Souza, filha única de cinco irmãos. Em março de 1961 casou-se com Marcelino Begotto e teve sete filhos, Sergio Antonio, Inês Marina, Ivanir Liane, Luiz Carlos, Gilberto Antonio, Jussara Terezinha e Lilian, 27 netos e 32 bisnetos.

Dona Ana Maria morou com sua família no Bairro Presidente Vargas por 54 anos. Para sustentar, criar e educar seus filhos Dona Ana Maria iniciou suas atividades como empregada doméstica na residência do Senhor Chico Pinto onde trabalhou por 25 anos.

Sempre dedicada, trabalhou também como doméstica por 26 anos na residência da Senhora Sirlei Massoca. Uma vida dedicada em bem cuidar do lar.

Aos 54 anos de idade, Dona Ana mudou-se do Bairro Presidente Vargas onde morava desde que nasceu e passou a residir na Linha São Marcos, Estar do Chile onde morou por 17 anos. Dona Ana Maria, veio a falecer no dia 05 de Março de 2014 aos 71 anos de idade.

 

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.