Crianças da APAE vivem dia de bombeiro

71

Um dos dias mais esperados pelas crianças foi lembrado durante a semana em Erechim e tantas outras localidades. Uma data conhecida pelos presentes, guloseimas, brincadeiras e diversão. Realidade é claro, vivenciada por alguns, pois grande parcela só consegue conhecer a magia de ser criança por meio de ações realizadas pelas igrejas, associação de moradores, campanhas e eventos solidários.  No município, muitos são os ‘anjos’ daqueles que nesta data e Natal, tem a oportunidade de desfrutar um dia diferente. Todos têm direito a um lar, família e educação, mas na prática não é bem assim. Corriqueiramente ouvimos que as crianças são o futuro do país, mas ainda é preciso caminhar a passos largos para sustentar tal afirmação. Crianças são tesouros, pequenos mensageiros, que precisam ser melhor assistidos.

A grande surpresa da semana

Dentre tantas comemorações que já presencie, acredito que a desta semana foi a mais marcante e sensibilizadora. Uma surpresa em plena segunda-feira (9) foi motivo de vibração na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Erechim. Os caminhões de bombeiros e ambulância foram se aproximando até o pátio da escola, não para atender uma ocorrência, mas para antecipar as comemorações do Dia das Crianças. “O socorro dos bombeiros, a corporação toda veio visitar vocês. Só sobrou a telefonista na nossa sede”, brincou o sargento Zigomar.

Alegria e curiosidade estampada no rosto de cada um

Tamanha mobilização faz parte da programação comemorativa ao cinquentenário do Corpo de Bombeiros no município. “Hoje a tarde será dedicada exclusivamente para vocês, afinal o Dia das Crianças é no feriado e vamos antecipar a festa”, disse o sargento. Carinhosamente, alunos de todas as idades procuravam da melhor forma agradecer a presença dos militares. Abraços, tapa nas costas, beijos, aperto de mão e sorrisos, davam conta da alegria e curiosidade estampada no rosto de cada um.

Herois do dia-a-dia

Os alunos com auxílio dos bombeiros realizaram atividades dos herois do dia-a-dia. Com intuito de promover maior interação, os alunos apreenderam cortar ferro, manusear a mangueira de combate a incêndio e vestiram o uniforme antichamas da corporação. Encantados com a rotina dos militares, o que não faltaram foram perguntas curiosas e longas filas para realizar as diferentes tarefas. Ao mesmo tempo praticaram exercícios que favorecem o treinamento da coordenação motora. Tamanha alegria de vivenciar a rotina dos bombeiros era expressa com euforia, olhos brilhando e sorrisos. Teve até um aluno que ‘fugiu’ da professora por não querer tirar a calça do uniforme antichamas. Corria e dizia: “Eu sou um bombeiro”. Sem contar que o ponto alto da visita foi o passeio nos caminhões. Com sirene ligada, o dia das crianças não podia ser melhor durante uma demorada volta na quadra.

“O sorriso de cada criança, o olhar, abraço, é emocionante e gratificante demais”

Muito além das comemorações, tamanha dedicação dos militares demonstra a quebra de tabus, que é possível vencer as barreiras da desigualdade lutando pelos direitos das pessoas com deficiência. “O sorriso de cada criança, o olhar, abraço, é emocionante e gratificante demais. Aprendemos com eles”, finalizou Zigomar.  As atividades chegaram ao fim com a entrega de bombons as crianças, jovens e adultos da APAE. Que os bombeiros, assim como demais órgãos e instituições, possam ser o acalento para o coração de muitas outras crianças.

Por Carla Emanuele/ JBV Online

 

 

 

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.