Gincana da Sipat do Hospital de Caridade arrecada mais de 4,5 toneladas de alimentos

Cinco entidades assistenciais que atendem crianças, adolescentes e famílias foram beneficiadas

90

A manhã desta quinta-feira, 9 de novembro, foi especial para cinco entidades assistenciais de Erechim que atendem crianças, adolescentes e famílias em vulnerabilidade social: Lar da Criança, Cantinho da Luz, Obra Santa Marta, Creche Madre Alix e Cecris. No total, elas receberam 4.594 quilos de alimentos não perecíveis, arrecadados durante a realização da Gincana da SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) e SCIH (Semana do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar), organizada pela CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) e SCIH.

A solenidade contou com a presença do diretor-presidente do HC, Cláudio Rogério Galli; do Superintendente Geral, Claudiomiro Carus; do Administrador Éder Spitcza; dos coordenadores das equipes que participaram da Gincana e dos representantes das entidades beneficiadas que, simbolicamente, receberam um certificado da doação.

Ao se pronunciar, o Superintendente Geral do HC ressaltou que a doação é resultado da Gincana da SIPAT, destacando a grande mobilização e envolvimento das equipes na arrecadação dos alimentos, não apenas pelo prêmio, mas pelo engajamento e satisfação de poder ajudar às entidades que tanto se dedicam a atender crianças e famílias, fazendo a diferença nas suas vidas. Carus afirmou estar orgulhoso da equipe do HC, que se envolveu nesse ato de solidariedade.

 

GINCANA DA SIPAT

A Gincana da SIPAT do HC contou com nove equipes, totalizando 123 colaboradores das áreas assistencial, administrativa e de apoio. Iniciou no dia 12 de outubro e encerra nesta sexta-feira, 10, quando serão anunciados os vencedores. Foi realizada com os objetivos de promover a integração entre os funcionários, despertar o interesse pela prevenção da saúde e segurança no trabalho e realizar ações solidárias para com a comunidade e entidades assistenciais.

Dentre as atividades que foram propostas pela organização, estavam Quiz sobre segurança do trabalho e Controle de Infecção Hospitalar, apresentação de paródia sobre os mesmos temas do Quiz e a arrecadação de alimentos não perecíveis. A gincana foi um sucesso em todos os aspectos: revelou grandes talentos, agregou funcionários de diferentes áreas, trouxe benefícios às pessoas em vulnerabilidade social e tornou as pessoas melhores, os funcionários mais atentos e conhecedores das normas de saúde e segurança do trabalhador.

 

“ALIMENTO É O NOSSO CARRO CHEFE”

A presidente do Cantinho da Luz, Alzira Valmórbida Zambonato, declarou que o alimento é “o carro chefe” da sua entidade. Segundo ela, a despensa está vazia. Ela aproveitou para ressaltar que o trabalho desenvolvido para atender 110 famílias é todo voluntário, e a contrapartida para as mães que ajudam é o alimento.

Da mesma forma, a coordenadora do Cecris, Marisa Fernandes, também declarou a importância da doação para a sua entidade, uma vez que lanches são fornecidos diariamente para 200 crianças e adolescentes e é entregue uma cesta básica mensal para 45 famílias atendidas dentro do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos.

A representante da Obra Santa Marta, Janete Lourdes Kovaleski, igualmente falou da grande necessidade por alimentos da entidade que atende 40 crianças de 4 a 5 anos e 50 adolescentes de 13 a 20 anos.

Representando o Lar da Criança, que atualmente atende 20 crianças de 0 a 17 anos, estavam Cristiane Dalla Rosa e Wagner Barzotto, que também disseram que os alimentos estão chegando em uma boa hora.

Já a presidente da Creche Madre Alix, Cleusa Basso, enalteceu a grandeza do gesto dos funcionários do HC em arrecadar alimentos para quem tanto precisa. Segundo ela, a doação irá complementar as refeições que são oferecidas às 55 crianças que passam o dia na entidade.

Todos os representantes das entidades ainda elogiaram a forma da distribuição dos alimentos, que foi definida por eles próprios, dentro da necessidade de cada organização social.

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.