Prefeitos da região de Getúlio Vargas se unem para pedir mais segurança

Marcada audiência na próxima quinta-feira, 14, com o Secretário de Segurança Pública do Estado, Cezar Schirmer

130

Prefeitos e representantes dos municípios de Getúlio Vargas, Estação Erebango, Charrua, Floriano Peixoto, Ipiranga do Sul e Sertão estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira, 7, no Gabinete do Prefeito de Getúlio Vargas, Mauricio Soligo, para debater a situação da falta de segurança na região. Participaram do encontro também o Subcomandante do 13 BPM, Major Uilson Cecconello; o Delegado da Polícia Civil de Getúlio Vargas, Jorge Pierezan; o Promotor de Justiça da Comarca de Getúlio Vargas, Marcio Abreu Ferreira da Cunha.

A reunião foi marcada por iniciativa do Prefeito de Getúlio Vargas, Mauricio Soligo, que manifestou sua preocupação com o alto índice de criminalidade nos municípios, a falta de efetivo, tanto na Polícia Civil, como na Brigada Militar, e a insegurança que está gerando na população.

Os prefeitos e representantes dos municípios foram unânimes em afirmar que é necessário se unir para solicitar mais atenção do Estado para a situação, uma vez que a demanda por policiamento é a mesma em toda região e tem se notado uma escalada crescente de criminalidade.

Segundo o Promotor de Justiça da Comarca de Getúlio Vargas, Marcio Abreu Ferreira da Cunha, no município, só em 2017, já ocorreram 11 homicídios, o que representa um índice de 62 homicídios para cada 100 mil habitantes, quando o aceitável é 29 para cada 100 mil habitantes. “Esse é um índice de guerra”, enfatizou.

Todos presentes defenderam que é necessário fazer pressão política para reduzir a escalada de violência que está tomando conta dos municípios. Por isso, enquanto estavam reunidos, foi agendada uma audiência com o Secretário de Segurança Pública do Estado, Cezar Schirmer, para a próxima semana, dia 14 de dezembro, às 9h30min, com a presença de todos os prefeitos. Unidos, vão solicitar aumento de efetivo na Brigada Militar e na Polícia Civil. Somente na Brigada Militar a defasagem é de 62%. Segundo o Subcomandante Uilson Cecconello, há 32 policiais na região, quando deveria haver 100.

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com