Acantonamento Olímpico Feminino mobiliza alunas da Escola da URI

39

Quarenta e duas alunas dos quinto e sexto anos do Ensino Fundamental da Escola Básica da URI participaram do XVIII Acantonamento Olímpico Feminino, que ocorreu entre o final da tarde de sábado, 28, e o final da manhã de domingo, 29. O Acantonamento, que esteve dentro da programação do II Festival Olímpico Pierre de Coubertin 2017, foi coordenado por 14 monitores da Escola, além de acadêmicos do Curso de Educação Física e professores.

 

A iniciativa foi organizada pela empresa fictícia Happy Kids Eventos Esportivos, composta pelos acadêmicos do Curso de Educação Física Bacharelado (6º Semestre) Felipe Zago Di Domenico, Ícaro Marques Venâncio, Luan Pereira de Jesus Kazmirowski, João Pedro Murari e Mateus Silvestrini. A supervisão foi dos Professores Edenir “Chita” Serafini, Daiane Pegoraro e Bruno Felipe Assoni Faleiro  (Escola Básica) e José Luis “Nino” Dalla Costa (Curso de Educação Física) na disciplina de Estágio Profissional em Lazer e Gestão.

 

Os acadêmicos apresentaram diversas ações inovadoras neste Acantonamento. O evento contou com a participação do 1° Sargento do Corpo de Bombeiros, Edson Luís Cardoso, que explanou sobre assuntos preventivos como suporte básico da vida empregado para adultos e crianças, noções de primeiros socorros, procedimentos em casos de emergência e formas de combate a incêndios.

 

Outro momento especial foi a presença do Curso de Ciências Biológicas da Universidade, através do Professor Jorge Reppold Marinho e do mestrando em Ecologia, Joarez Venâncio, que falaram sobre a vegetação nativa, métodos de plantio, cobertura do solo e a importância da vegetação para a fauna como fonte de abrigo e alimento. O mestrando também respondeu questionamentos sobre serpentes e acidentes ofídicos.

 

No domingo pela manhã, os participantes foram até a Vila Olímpica para realizarem o plantio de uma muda de araçá visando conscientizar que o plantio de árvores é muito importante, inclusive no ambiente escolar.

 

De acordo com o Professor Jorge Marinho, estas atividades de integração são importantes para a formação geral e sócio-cultural dos alunos, gerando uma consciência ambiental aliada aos Valores Olímpicos: Respeito, Amizade e Excelência.

 

No final do acantonamento, as alunas receberam  mudas de cereja silvestre, pitanga e araçá visando desenvolver a responsabilidade de cuidar das árvores. O mestrando Joarez Venancio destacou o interesse e a participação das alunas, ressaltando a importância desta atividade conjunta.

 

Para os Professores Nino e Chita, a vivência das alunas de realizar o plantio da árvore é importante para perceber como ele é realizado e de como esta ação mudará o ambiente na Vila Olímpica. As alunas que participaram deste Acantonamento estão com a responsabilidade coletiva do cuidado com a árvore plantada e a responsabilidade individual das mudas que levaram para casa.

 

O Acantonamento contou, ainda, com a realização de outras atividades como um Diálogo sobre os Valores Olímpicos: Respeito, Amizade e Excelência; o Circuito Olímpico, onde as alunas tentavam passar por diferentes obstáculos, slackline, trave de equilíbrio e provas de resistência. O evento teve, também, um jantar de confraternização e caça ao tesouro saudável, onde o desafio nas conquistas possibilitava encontrar alimentos saudáveis que mais tarde serviram como o café da manhã a todos os participantes fortalecendo o espírito coletivo e a divisão das conquistas. Outro ponto importante foi a contação de histórias ao redor de uma fogueira, sempre uma atração dos acantonamentos.

 

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.