As bicadas da semana

724

# Segundo a secretária da Educação do município, Vanir Bernardi Bombardelli, a Feira do Livro deste ano deve ser uma das maiores já realizada em nossa cidade. Segundo a secretária, durante a feira devem acontecer vários eventos para atrair a população. Com certeza, será bem melhor que as duas edições anteriores, principalmente a última, que foi um fiasco. Esperamos e torcemos para que seja uma grande feira e que os expositores saiam satisfeitos com as vendas.

 

 

# Paulo Alfredo Polis após deixar o cargo de prefeito retomou suas atividades profissionais junto a Caixa Econômica Federal, tendo de realizar alguns concursos internos para voltar ao cargo de gerência da instituição e na última segunda-feira assumiu a agência do bairro Três Vendas.

# O ex-prefeito Polis ainda não disse sim para o PMDB, apesar do convite oficial feito pela executiva municipal e também pela direção estadual do partido. Polis está com um olho em Brasília e outro nos movimentos internos do partido local. O caminho natural é o PMDB, mas até que não venha o sim, tudo é possível.

# Importante empresa da construção civil, que só nos últimos seis anos entregou aproximadamente 800 apartamentos pelo programa Minha Casa e Minha Vida, deve parar de investir em Erechim. As justificativas seriam a demora na aprovação dos projetos junto à prefeitura e o fato de o governo municipal ainda não ter mostrado qual seu verdadeiro projeto habitacional para a cidade. A gota d’água teria acontecido quando o responsável pelo setor declarou em entrevista à Rádio Cultura que o município deve assumir definitivamente o projeto habitacional, o que acabaria com as parcerias com a iniciativa privada.

 

 

#Segundo um dos diretores da empresa, que está indo investir em outras cidades, já foi assinado contrato entre Passo Fundo, mutuários e a Caixa Econômica Federal, num total que deve ultrapassar 500 unidades neste primeiro momento. Outra cidade em que a empresa estaria se preparando para fazer um grande investimento dentro do programa Minha Casa Minha Vida é Santa Maria. De acordo com o diretor, o projeto fica próximo ao campus da Universidade Federal de lá, onde devem ser construídos mais de 500 apartamentos.

# O futuro do ex-vereador e presidente do PDT, Ernani Mello, não deverá ser o PR de Giovani Cherini, e sim o PSD de Danrlei e Brito. Por mais que exista uma amizade muito grande entre Ernani e Cherini, o fator local deve pesar muito para que o pedetista opte pelo Partido Social Democrático. No entanto, meu passarinho garante que a ida de Ernani para o PSD, também deve passar por qual será a postura do vereador Pimenta, se ele continua no governo ou vai para oposição. Já que deve se abrir uma janela para mudanças de partido, quem deve acompanhar Ernani é o vereador Flávio Barcellos, do PDT. Vamos aguardar para ver se meu passarinho está com a razão.

#Evidente que o vereador Flávio Barcellos vai negar esta possibilidade de troca de partido, vai jurar que é pedetista desde criancinha, quando o Brizola estava no exílio, mas como bom evangélico, jamais irá jurar que não vai trocar. Da mesma forma o vereador Pimenta vai dizer que ele é schmitista desde pequeno e que vai continuar na base do governo. Melhor de tudo é dar tempo ao tempo, para ver quem está com a razão, o passarinho ou os dois vereadores, afinal, Pimenta nos olhos dos outros é colírio.

# O presidente Claudionor Mores entende que em breve a ACCIE e a UNINDÚSTRIA, podem estar trabalhando unidas, com seus escritórios junto ao Polo de Cultura. Se realmente um suposto pequeno mal entendido que teria acontecido for superado, quem vai ganhar são as duas instituições, a cidade, e principalmente as empresas afiliadas. Esta também é  a mesma opinião do presidente da Unindústria, Walmir Badalotti. Até acho que não existe nenhum mal entendido e com certeza as duas direções deverão chegar a um acordo.

# No próximo dia 03 de outubro os olhos e ouvidos estarão voltados para a assembleia dos credores da recuperação judicial da Intecnial. A assembleia acontecerá às 14 horas na ACCIE. Se os credores aceitarem a proposta da empresa, existe uma grande possibilidade de que a Intecnial volte operar normalmente, mas se os credores discordarem, o juiz pode decretar a falência da empresa. Como dia 03 é véspera do Dia de São Francisco de Assis, quem sabe ele dê uma força para que a Intecnial possa resolver seus problemas.

Por Egidio Lazzarotto/JBV Online

 

 

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.